Adicionar aos favoritos
Kuarashí
Ocupação: Amós de Trumai
Altura: 1,75 m
Peso: 68 kg
Idade: 21 anos
Olhos: verde claro brilhante
Cabelos: escuros, lisos e compridos até a altura do ombro.


História

Kuarashí teve a sua primeira visão muito cedo. Aos 11 anos, sonhou com uma grande chuva. O menino acordou assustado, pois teve um pesadelo, então seu pai notou uma mudança na cor de seus olhos.

Já é natural para os muras que isso aconteça com um Amós após ter sua primeira visão. Acredita-se que esse fato é a representação física da passagem da vida comum de aldeão para a responsabilidade de ser o visionário de uma tribo.

O menino então foi levado imediatamente até o senhor da aldeia da época para contar como fora sua premonição.

Imediatamente todos os aldeões de Trumai foram instruídos e puderam preparar-se para uma chuva que duraria 24h.

Certamente foi uma visão muito importante. As conseqüências seriam trágicas se a tribo estivesse despreparada, principalmente no que diz respeito aos suprimentos de comida. Sem mencionar os inúmeros grupos de aldeões que poderiam ser pegos de surpresa realizando algum tipo de tarefa na floresta.

Desde o acontecido, mesmo com apenas 11 anos, Kuarashí assumiu toda a responsabilidade do cargo de Amós. Parou de aventurar-se na floresta com os meninos da mesma idade e, também, começou a evitar outras atividades que trouxessem perigo à sua integridade física. Apoiado pelos pais, Kuarashí conseguiu viver uma infância normal, estudar e se preparar para o futuro cheio de responsabilidade que o aguardava.


Personalidade

O Amós de Trumai ainda é jovem, mas isso não impede que ele cumpra suas obrigações e honre seu cargo. Responsável, ele atende a todos da aldeia e sempre tenta ajudar. Atencioso com o povo de Trumai, ele conversa com seus companheiros sobre a vida em Mura, nunca iludindo ou omitindo fatos.

Kuarashí prefere não fazer uso de pinturas corporais no dia-a-dia. Ele quer que todos da aldeia tenham uma visão de como ele é, sem elementos que distraiam a visão. Como ele mesmo diz: “Quero que todos tenham uma imagem clara de mim, sem dar atenção para as roupas ou à pintura do corpo.” Obviamente, em rituais ou festas, ele usa toda a indumentária e pintura que faz parte dos costumes dos muras.

Sua vestimenta é adequada para a cultura. Nos dias de calor, veste um colete, que deixa o peito com um colar de sementes pretas a mostra, uma calça larga, que quase toca o chão, de algodão, e só usa sandálias se pretende deixar a aldeia. Usa pulseiras de sementes coloridas, em ambos os pulsos, e uma fina corda na testa, amarrada atrás da cabeça, com uma pedra preta muito pequena que fica no meio de sua testa. Essa corda evita que seu cabelo caia no rosto.


Habilidades

Kuarashí tem visões de fatos ocorridos em épocas e lugares distantes ou premonições. Elas podem ocorrer a qualquer momento do dia ou na forma de sonho.


Jogue e acompanhe os nossos personagens em sua corajosa aventura.
Cada jogo carrega uma história e a cada clique você saberá um pouco mais sobre os costumes e os mistérios escondidos pelo Mundo de Mura.