Adicionar aos favoritos
Cauré
Local: Aldeia de Trumai
Ocupação: Senhor da Aldeia
Altura: 1,81 m
Peso: 79 kg
Idade: não revelada
Olhos: pretos
Cabelos: cabelos pretos, curtos, com início de calvície (devidamente disfarçada pelo cocar)


Quando criança, Cauré sempre foi fascinado pela magia e pelos rituais. Tinha o porte físico de um guerreiro, mas queria aprender e estudar magia. Até treinava várias técnicas de combate, junto com os outros aldeões, mas não tinha tanto interesse nessa área. Sendo assim, sua vontade foi respeitada e ele tornou-se um feiticeiro.

As mágicas propriamente ditas, a criação de objetos encantados e a infusão de magia nas tintas para pintura corporal sempre foram suas maiores curiosidades. Ele queria aprender e dominar assuntos que os outros aldeões consideravam os mais difíceis de entender.

Da soma de uma grande vontade, e capacidade, de dominar certas áreas da magia com as características físicas de um grande guerreiro, surgiu um hábil feiticeiro que também era bom no combate corpo-a-corpo. Uma combinação rara, pois normalmente os que seguiam os caminhos da magia, não utilizavam seu tempo livre para aprimorar suas habilidades de combate. Porém, era comum encontrar o jovem Cauré não só estudando nas ocas de outros feiticeiros, como também jogando capoeira com os guerreiros da tribo.

Sua dedicação e disposição para realizar todas essas atividades era tamanha que ele conseguiu com facilidade atingir a graduação de mestre, corda vermelha em capoeira. Sua conquista seguinte foi o posto de Pajé de Trumai. Como Pajé, ele continuou a estudar e especializar-se na arte da pintura corporal. Então, Cauré desenvolveu e ensinou técnicas de como infundir magias diversas em tintas para criar variados efeitos mágicos sobre os que tinham seus corpos pintados. Alguns anos depois, treinando e ensinando a arte da capoeira, ele conquista a condição de mestre corda branca (nível máximo de graduação) e Senhor da Aldeia, na mesma oportunidade.

Ao contrário de outros, ele não almejava o cargo de Senhor da Aldeia. Seu objetivo era tornar-se um Pajé capaz de cumprir suas obrigações da melhor maneira possível para ser, um dia, citado nas histórias de Trumai.


Personalidade

O senhor de Trumai é um homem que já tem certa idade, mas ele não a revela. Isso é uma estratégia para não gerar especulação sobre sucessores. Vários Senhores de Aldeia adotam essa mesma postura. Eles comemoram seus aniversários com grandes festas, nunca revelando suas idades. Dessa forma os aldeões que acabam confundindo-se e as idades permanecem incógnitas.

Seu rosto largo e sua expressão sempre séria poderiam assustar algum desconhecido facilmente, mas, se tratando deste homem, é apenas uma impressão. O cargo de Senhor da Aldeia de Trumai demanda uma enorme responsabilidade e ele lida muito bem com isso. Cauré trabalha de maneira séria e ajuda a todos sempre que possível. Cada um dos aldeões recebe a mesma atenção; estes casos só são deixados para depois quando o Senhor é requisitado por algum de seus conselheiros (Chefe de Guerra, Pajé ou Amós)

A indumentária do Senhor da Aldeia não é importante. Por isso, suas roupas não são muito diferentes de seus assessores. Normalmente é visto usando uma saia de couro, com algumas pinturas e cordões coloridos costurados, e dificilmente usa algo na parte de cima. Assim, sua pintura corporal é destacada. Também é possível notar que o Senhor, mesmo sendo mais velho, continua mantendo um condicionamento físico invejável. O elemento que mais chama a atenção é o cocar, por seu tamanho, cor das penas e o ângulo, quase reto, no qual elas ficam dispostas com relação à sua cabeça, lembrando uma coroa.

Quando a situação permite, ele é uma pessoa totalmente extrovertida. Faz piadas, mesmo algumas não tendo muita graça, fala bastante e gosta de assistir aos aldeões durante festas, dançando ou praticando algum esporte. Ele mesmo, algumas vezes participa das rodas de capoeira. Não faz isso com mais freqüência por não querer estragar a competição na aldeia. Afinal, como mestre de capoeira dotado da graduação máxima, Cauré deveria ensinar muito mais do que competir. Suas raras participações têm a intenção de mostrar a todos que ele, além de Senhor da Aldeia, é também uma pessoa comum.


Habilidades

Ele é o homem mais sábio da tribo, conhecedor de várias magias, encantamentos e rituais.


Jogue e acompanhe os nossos personagens em sua corajosa aventura.
Cada jogo carrega uma história e a cada clique você saberá um pouco mais sobre os costumes e os mistérios escondidos pelo Mundo de Mura.